Iniciar/Parar trilha

Império_Submarino.jpg

 Império Submarino       P&B/Dublag. Original

Império Submarino (Undersea Kingdom), dirigido por B. Reeves Eason e Joseph Kane e produzido pela Republic Pictures em 1936. Na televisão, Império Submarino foi dublado pela AIC - SP e distribuído pela antiga Cinevídeo. Em Porto Alegre, por exemplo, o seriado foi exibido na década de 60 no programa "Dozelândia , Reino da Alegria", apresentado pelo saudoso Vovô Joaquim, na TV Gaúcha. Sua ultima exibição, ainda em Porto Alegre, ocorreu em 1976 no programa "Robô Amigão", da TV Piratini.
O seriado narra as aventuras do tenente Ray "Crash" Corrigan, recém formado na Academia Naval de Annapolis e da ambiciosa repórter Diana (Lois Wilde) em acompanharem o Prof. Norton (C. Montague Shaw) na procura do hipocentro dos terremotos que assolam e devastam as cidades americanas. A origem do sismo é a lendária Atlântida que se encontra dentro de uma redoma no fundo do Oceano Atlântico.
O Prof. Norton, Corrigan e Diana partem no submarino - foguete criado pelo professor, acompanhados pelo filho Billy Norton (Lee Van Atta) e por uma dupla cômica de marujos, Briny (Smiley Burnette) e Salty (Frankie Marvin). Quando a expedição chega à Atlântida são pegos numa guerra entre os "capas brancas" (obviamente os bons), liderados pelo alto sacerdote Sharad (William Farnum) e os malvados de "capas pretas", sob o comando do tirano Unga Kahn (Monte Blue). Os atlantes possuem uma tecnologia avançada com o uso de robôs (Volkites), naves, mísseis, armas atômicas, etc. Estranhamente, apesar de todas essas maravilhas tecnológicas, os dois oponentes ainda lutam com espadas, cavalos e carruagens.
Depois de passarem por várias aventuras, os membros da expedição escapam para a superfície, seguidos por Unga Khan através de sua torre. Agora, está munido com foguetes criados pelo Prof. Norton que esteve sob seu domínio, em sua tentativa de dominar os povos da superfície. Mas, acaba sendo impedido pela marinha americana com a ajuda do intrépido Corrigan.
Outro destaque do seriado observar os efeitos especiais realizados por Howard Lydecker, aqui acompanhado pelo irmão Theodoro Lydecker e por John T. Coyle, observando a sua evolução através de outras produções da Republic Pictures como Os Demônios do Círculo Vermelho (1939), Zumbis da Estratosfera (1953) e chegando nas séries de TV Viagem ao Fundo do Mar e Perdidos no Espaço. 




Qualidade Razoável

 

 

Coletânea

Disco 1  R$ 10
12 episódios

Criação de Site